Oportunidades e Bolsas em Faculdades Americanas

No post anterior falamos sobre os tipos de universidades. Se você ficou assustado com os valores das anuidades, fique tranquilo!


Nesse post apresentaremos todas as maneiras que um estudante internacional tem para diminuir ou até mesmo zerar esse custo.


Todos sabemos que existem bolsas disponíveis em todas universidades. Hoje, vamos destrinchar seus tipos, além de outras maneiras de conseguir pagar a anuidade mesmo sem uma bolsa e/ou alta disponibilidade de investimento.


1. Bolsas Esportivas


Existem mais de 24 esportes nas ligas esportivas universitárias americanas. Entenda mais sobre a NCAA, se você joga tênis ou futebol, olhe nossos conteúdos específicos!


As bolsas esportivas além podem chegar a 100% e ainda oferecem toda estrutura de treinamentos, viagens, equipamento, estadia durante torneios, alimentação, tutores, e mais!



O esporte universitário americano é muito assistido e valorizado pela sociedade norte-americana, e movimenta bilhões de dólares. Por isso existe uma estrutura profissional nas faculdades, com técnicos, preparadores físicos, psicólogos e etc.


As Universidades oferecem tudo que um atleta profissional precisa para ser bem sucedido nos esportes, além da estrutura para o mesmo ser bem sucedido como aluno na sala de aula, e consequentemente na vida.


As bolsas são renovadas anualmente, e podem diminuir ou aumentar de acordo com o desempenho do atleta no esporte e no âmbito acadêmico.


Existem bolsas esportivas para os mais diversos níveis, tudo irá depender do nível da faculdade e do atleta, e o qual porcentagem de bolsa está sendo buscada.


Se você é atleta, clique aqui para avaliar suas chances de uma bolsa esportiva!


2. Bolsas Acadêmicas


A grande maioria dos departamentos das faculdades disponibilizam bolsas acadêmicas, além de diversas outras bolsas específicas.


Existem diversas para estudantes, algumas são específicas e esporádicas, portanto é importante estar atento as oportunidades.


Os critério para bolsas acadêmicas pode variar muito, portanto quanto melhor o currículo do aluno como um todo, melhor suas chances.


O seu currículo contêm suas nota do ensino médio e fundamental, além do SAT e TOEFL, trabalhos voluntários e tudo de relevante que o estudante tenha feito até o momento.



Além das bolsas para freshmans (calouros), é muito comum estudantes que já estão no seu segundo ou terceiro ano de faculdade apliquem para bolsas dentro do seu departamento, podendo assim diminuir exponencialmente o custo ao longo da faculdade.


3. Bolsas eSports


Da mesma maneira que existem bolsas esportivas, também existem bolsas para Esports.


Apesar de ser ainda um número menor do que as que oferecem bolsas esportivas, muitas faculdades já oferecem bolsas para atletas do eSports,



Hoje já existem programas em universidades para muitos jogos, entre eles: Multiplayer online battle arena (MOBA): League of Legends (LoL), Defense of the Ancients (DOTA) 2, Heroes of the Storm, Smite, Overwatch, Fortnite, Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), FIFA, entre outros.


As bolsas funcionam de maneira similar as bolsas esportivas, onde o aluno joga pela faculdade e recebe uma bolsa, que pode aumentar ou diminuir de acordo com seu desempenho.


As bolsas podem chegar até 100% da anuidade da faculdade, ou seja, você pode fazer uma faculdade que custa U$60,000 por ano totalmente de graça dependendo do seu nível em CS-GO por exemplo.


Entre em contato com nosso time respondendo o formulário do site para saber se seu nível pode te render uma bolsa em uma universidade americana!


4. Trabalho no Campus


Assim como no Brasil, é muito comum estudantes universitários americanos trabalharem paralelamente aos estudos.


Muitos deles conseguem trabalhos dentro do campus da universidade ou em estabelecimentos adjacentes.



O estudante internacional por conta do visto F1 pode trabalhar legalmente somente dentro do campus e até 20 horas semanais.


Pode parecer pouco, mas ajuda muitos estudantes a pagar despesas, e ocupar o tempo do estudante, que especialmente no primeiro ano tem bastante tempo livre.


Praticamente todos os campus americanos tem diversos lugares que alunos podem trabalhar, entre eles: biblioteca, restaurantes, lojas, livrarias, departamentos, etc.


Além disso as universidades são excelentes locais para empreender, e os alunos que pensam mais fora do ordinário, logo encontram serviços e produtos com alta demanda.


Aqui vão algumas idéias para ganhar um dinheiro extra: tutoria, compra e venda de livros, participar de pesquisas que pagam os participantes, aulas de português/espanhol, etc.


Dessas ideias acima a minha favorita é a tutoria. Você pode por exemplo, simplesmente oferecer tutoria em aulas em que tirou um A. Dessa maneira você deixa o conteúdo fresco na sua cabeça, ajuda outro colega a tirar uma nota alta e ainda é remunerado por isso.


5. Trabalhar no departamento do seu curso.


Outra maneira é trabalhar como assistente de professor dentro do departamento da sua área de estudo.


Muitos alunos após tirarem uma nota alta em determinada aula, trabalham para seus respectivos professores nos semestres seguintes.


O trabalho pode envolver tanto corrigir provas, ajudar nas aulas ou participar de alguma pesquisa que o professor esteja fazendo junto a universidade.


Dependendo do seu trabalho e ajuda com o professor, sua ajuda com a pesquisa pode até te render seu nome citado em algum artigo científico.



Esse trabalho além de ser remunerado, pode render uma bolsa acadêmica no departamento.


Além de ser uma excelente maneira de criar network com os professores que tem acesso a empresas da sua respectiva área, e pode te ajudar a conseguir um estágio.


Gostou do conteúdo?


Ficou curioso para ver se você conseguiria alguma bolsa ?


Descubra com uma ligação de assessoria gratuita.


Responda o formulário ou entre em contato em nosso email ou instagram.







11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo